O QUE VOCÊ PENSA determina o quanto você come!

    O QUE VOCÊ PENSA determina o quanto você come!

    Alguns pensamentos podem fazer com que a gente coma demais durante as férias. Quais são eles?

    1) Dieta e férias não combinam
    Férias estão ligadas a momentos de lazer e prazer. Se você tem a visão de que reeducação alimentar é algo restritivo, chato e sofrido, nunca vai combinar com o clima de férias! Quem pensa assim vai aproveitar as férias para escapar das “regras chatas” da dieta. Se você reage dessa maneira precisa começar a Reprogramar seu Estilo de Vida. No programa VIDA&SAÚDE não fazemos dieta. Aprendemos a nos relacionar com a alimentação de maneira equilibrada, saudável e prazerosa. Isso é para vida toda. Quem participa do Vida&Saúde vai aprender a não associar prazer, descanso e diversão com comer bastante. Assim é possível manter-se saudável durante as férias.

    2) Já que estou de férias!
    A ideia do “já que” é uma forma muito radical de pensar seu dia a dia. É o pensamento do 8 ou 80, ou seja, ou “eu faço tudo certinho ou eu piso o pé na jaca de vez”. Você já sofreu dessa síndrome?
    -Já que comi aqueles pães de queijo no café da manha, vou desencanar o resto do dia.
    – Já que estou de férias, pensarei em me controlar somente quando voltar.
    Essa ideia não é nada produtiva, e aliás está bem errada, afinal, escorregar aqui e ali é bem diferente de comer errado o dia todo. Imagina se isso se repete dia após dia durante as férias, o estrago será enorme. Por isso temos de pensar em COMPENSAÇÃO durante férias. Comeu demais no almoço? compense no lance da tarde e à noite. Compensação é o segredo do sucesso de sobreviver às ferias sem grandes alterações.

    3) Nunca mais vou ter a oportunidade de comer isto!
    Conhece alguém que se angustia quando algo gostoso parece que vai acabar? Essa sensação de que temos que comer de tudo e bastante porque não teremos outra oportunidade de aproveitar faz com que a gente coma tentando FAZER ESTOQUE DA COMIDA. Como se o fato de comer muito hoje eliminasse a vontade de comer amanhã. Daí, acabamos engordando!
    As férias estão repletas de comidas diferentes e isso pode despertar a angústia de que “temos que aproveitar”.
    Um bom questionamento para fazermos nesse momento é: “se eu tivesse todos esses alimentos em casa, estaria comendo nessa quantidade? ” Se a resposta for NÃO, esse é um alerta de que estamos comendo apenas por sentimento de perda, e não por fome. Diga para si mesmo: essa comida não vai acabar! Poderei comer em outra oportunidade, nem que seja aprendendo a cozinha-la em casa.

    Mude o estado do seu pensamento!!.

    Nas férias, você não está se privando de alimentos proibidos e comendo apenas alimentos permitidos. Você na verdade está se dando o direito de ESCOLHA. E ao escolher os alimentos saudáveis ou fazer as compensações necessárias você vai se livrar daquele sentimento de culpa e angústia que sempre ocorre no dia seguinte às grandes extravagâncias. Suas boas escolhas te trarão a alegria, alivio e descanso ao se ver no espelho e caber nas roupas legais que levou na mala.  
    Curta as férias com liberdade de escolha!
    Escolha ser feliz com pessoas, passeios, conversas e não com comidas!
    Boas férias!

    por Yonara Aniszewski – Consultora de Saúde e Qualidade de Vida – (63) 98114-8566

    Leave a Comment

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Agende sua sessão

    Agendamento